Dano Moral – Responsabilidade Civil – Abandono Afetivo – Possibilidade

Data de publicação: 13/03/2018

Tribunal: TJSP
Relator: Des. Alcides Leopoldo e Silva Júnior

Chamada

(…) O abandono afetivo indenizável deve ser injustificado e voluntário, o que restou demonstrado, e pela omissão houve, ainda, abalo psicológico, que é verossímil, pela narrada sensação de desamparo e rejeição, violadores da autoestima e dignidade pessoal.  Veja mais em: 

#AdvocaciaLucianaMandarinoGalvao

#DireitoDeFamilia

#Danomoral

#Responsabilidadecivil

#Abandonoafetivo

#Possibilidade

2018-03-22T12:03:08+00:00